Festival Fado Marrocos

Com estreia absoluta em Marrocos, o festival vai contar com Carminho, Luis Guerreiro, Maura e Rodrigo Costa Félix

O Festival do Fado, que nasceu em 2011 em Madrid e já se realiza este ano em sete metrópoles da Europa e da América Latina, chega finalmente a Marrocos. A primeira edição do Festival de Fado Marrocos vai ter lugar no emblemático Teatro Nacional Mohammed V em Rabat de 19 a 21 de Abril. Carminho, Luís Guerreiro e os convidados, Maura e Rodrigo Costa Félix, são as estrelas do Festival em terras Marroquinas.

O festival vai contar ainda com a projeção de filmes portugueses, um ciclo de conferências e uma exposição representativa do Fado, com o selo de qualidade do Museu do Fado de Lisboa.

O tema do Festival esta edição, A Historia do Fado, irá ajudar a entender a origem a evolução e os mistérios deste género de Musica.

A presença de artistas de primeira grandeza como Carminho, Luís Guerreiro, Maura e Rodrigo Costa Félix, prometem encantar e surpreender o público de Rabat.

O evento, pela ambição e por apresentar ao mesmo tempo a história e a atualidade do Fado, tornou-se um marco no calendário de artistas e conferencistas. A sua estreia precedeu a consagração pela UNESCO do Fado como Património Imaterial da Humanidade. Desde então, o festival acompanha os triunfos dos fadistas nos maiores palcos do mundo e a evolução do estudo da história do género. O Festival do Fado, que já conquistou o mundo, com edições em Madrid, Sevilha, Buenos Aires, Bogotá, Santiago do Chile, Rio de Janeiro e São Paulo, chega agora a Marrocos, ao Teatro Nacional Mohammed V.

 


20 Abril: Luís Guerreiro e convidados, Maura e Rodrigo Costa Felix

Guitarra Portuguesa: Luís Guerreiro
Viola Fado: Flávio Cardoso
Baixo: José Marino de Freitas
Voz: Maura e Rodrigo Costa Félix

Luís Guerreiro, virtuoso guitarrista português, chega ao Festival Fado Marrocos no dia 20 de abril e traz consigo convidados muito especiais.
Com mais de 20 anos de carreira, marcou o fado português através do seu natural e incrível talento na guitarra portuguesa. Acompanha artistas como Carminho e Cuca Roseta, e já tem previsto lançamento do primeiro álbum para este ano.
O artista traz consigo Maura, a jovem fadista revelação de 2016 e Rodrigo Costa Félix, um dos fadistas mais reconhecidos da atualidade.
Luís promete levar a Marrocos o melhor da guitarra portuguesa e evidenciar cada vez mais a importância do fado no panorama da música mundial.

 


21 Abril: Carminho

Voz: Carminho
Guitarra Portuguesa: Luís Guerreiro
Viola Fado: Flávio Cardoso
Baixo: José Marino de Freitas

Carminho, uma das vozes mais internacionais do Fado português, encerra o Festival Fado Marrocos no dia 21 de abril.
Atualmente em tournée de apresentação do seu mais recente trabalho, “Carminho Canta Tom Jobim”, álbum com direção musical de Paulo Jobim, a artista promete levar até Rabat um espetáculo único onde irá percorrer os grandes sucessos da sua carreira.
A fadista que começou no Fado com apenas 12 anos já conta com quatro álbuns de sucesso. “Fado” (2009), “Alma” (2012), “Canto” (2014), “Carminho Canta Tom Jobim” (2017).
Em 2014 actuou no Festival de Fado Brasil, com salas esgotadas tanto no Rio de Janeiro, como em São Paulo e em 2015 esgotou Madrid e Sevilha em 2 concertos memoráveis. No ano seguinte marcou presença no Festival Fado na América Latina, que lhe valeu aclamação da crítica local.

MAIS SOBRE Festival Fado Marrocos

Comentários