Festival de Fado chega a Sevilha

Festival de Fado chega a Sevilha

17/09/2015

O Festival do Fado, que nasceu em 2011 em Madrid e já se realiza este ano em quatro metrópoles da Europa e da América Latina, chega finalmente a Sevilha. A primeira edição do Festival de Fado Sevilha vai ter lugar no emblemático Teatro Lope de Vega, de 06 de outubro a 02 de dezembro. Carminho, Cuca Roseta e Raquel Tavares são as estrelas da estreia do festival em terras andaluzias.

A primeira edição do Festival de Fado Sevilla completa-se com a projeção de filmes portugueses, um ciclo de conferências e uma exposição representativa do Fado, com o selo de qualidade do Museu do Fado de Lisboa. O tema do Festival deste ano, As Mulheres no Fado, irá mostrar as relações entre as Fadistas e este género de musica.

A presença de cantoras de primeira grandeza como Carminho, Cuca Roseta e Raquel Tavares, vão encantar e surpreender o público de Sevilha.

O evento – pela ambição sem paralelo e por apresentar ao mesmo tempo a História e a actualidade do Fado – tornou-se um marco no calendário de artistas, instrumentistas e conferencistas. A sua estreia precedeu a consagração pela UNESCO do Fado como Património Imaterial da Humanidade. E acompanha os triunfos dos fadistas nos maiores palcos do Mundo e os progressos no estudo da História do género. O Festival do Fado já conquistou o mundo, com edições em Madrid, Buenos Aires, Bogotá, Rio de Janeiro e São Paulo. 

Os Artistas:

06 de outubro: Carminho

Voz: Carminho; Guitarra portuguesa: Luís Guerreiro; Viola Fado: Flávio Cardoso; Baixo: José Marino de Freitas; Percussão: Ivo Costa. Carminho apresenta em Sevilha o seu novo álbum “Canto”. Depois de dar-se a conhecer internacionalmente, este trabalho é mais um passo numa carreira que é já é uma das mais notáveis do “novo fado”. Em “Canto” Carminho conta com várias participações: um dueto com Marisa Monte, escrito por Arnaldo Antunes (sem mar Chuva), uma canção com letra de Caetano Veloso (O sol, eu e tu), um tema de Miguel Araújo (Ventura), temas com letras de Fernando Pessoa (Na Ribeira este rio), Carlos Paião (História Linda) ou um tema de Alberto Janes (Destino), e contribuições de instrumentistas talentosos como Jaques Morelenbaum, Nana Vasconcelos, Carlinhos Brown, Javier Limón ou Carlos Barreto. Mas Carminho permanece como Carminho e quando canta o Fado, a alma estão sempre presentes.

17 de novembro: Cuca Roseta

Voz: Cuca Roseta; Guitarra portuguesa: Luís Guerreiro; Guitarra Clássica: Pedro Jóia; Baixo: Frederico Gato; Percussão: Vicky Marques. O primeiro álbum de Cuca Roseta conquistou instantaneamente os corações do público e da crítica tendo atingido o galardão de ouro e permitido encher o seu passaporte.Em 2013 a artista quis ir mais longe e assumiu a composição da esmagadora maioria dos temas de ‘Raiz’, o seu segundo álbum de originais.‘Raiz’ consolidou o público da fadista e permitiu-lhe percorrer, ainda mais, todos os palcos nacionais, bem como aprofundar a sua carreira internacional com destaque para as impressionantes digressões realizadas no Benelux e a participação no Festival de Fado no Brasil, em agosto de 2013.Pelo caminho a cantora portuguesa tem partilhado o palco e colaborado com nomes como Djavan, Ana Moura, David Bisbal, Stewart Sukuma, entre outros. Em 2015 “Riû” é o terceiro álbum de originais de Cuca Roseta que irá ser interpretado no Festival do Fado Sevilla.

01 de dezembro: Raquel Tavares

Voz: Raquel Tavares; Guitarra Portuguesa: Ângelo Freire; Viola fado: Diogo Clemente; Baixo: Didi Santos. Uma das vozes mais importantes do Fado contemporâneo, Raquel Tavares tem o dom inato de ser fadista e pouco mais se deveria dizer. Raquel vive onde vive o Fado, no coração de Alfama, que bate como se fosse seu e isso sente-se nos seus concertos. A sua apresentação no Festival de Fado Brasil, em agosto de 2014, foi considerado um dos cinco melhores desempenhos do ano pelo prestigioso jornal Folha de São Paulo. Tem as suas raízes e a sua identidade no fado e o público é o primeiro a reconhecer esse valor, recebendo-a com calor e uma gratidão única. A artista apresenta o seu novo álbum, com uma digressão mundial, em 2015.

Mais informações e bilhetes disponíveis em www.festivalfadosevilla.com

Comentários