Vilar de Mouros voltou.

O Festival mais antigo do País está de volta.

03/04/2014

O Festival Vilar de Mouros voltou e a Everything is New não poderia deixar de ser, associa-se a este que é o mais antigo festival de música português. A causa é nobre e foi lançada pela Fundação AMA. A bilheteira reverterá na totalidade para a construção de um edifício pioneiro para a integração de doentes autistas.

A notícia não podia ser melhor: voltou o primeiro dos festivais. Para todos os que são fãs desde 1971 e também para aqueles que sempre quiseram ir, mas que nunca foram, a oportunidade está aí à porta. É o festival da memória, do rock, do good feeling, das bandas imperdíveis e da experiência que se tornou já inesquecível para tantos.Para quem gosta e vibra com música, este é um momento a ter em conta, porque, afinal, o festival original nunca acabou. Entre 30 de Julho e 2 de Agosto, Vilar de Mouros regressa às origens, de olhos postos no futuro.Foram já anunciadas as pedras basilares em que assenta o projecto: solidariedade e economia social, assim como quatro novas confirmações para o alinhamento do Festival. Capitão Fausto, Xutos e Pontapés, José Cid (com um espectáculo a apresentar o disco seminal "10 Mil Anos Depois Entre Vénus e Marte", e a banda da Invicta Trabalhadores do Comércio.

O lucro do evento reverterá na integra a favor da construção de um edifício pioneiro para a integração e apoio a crianças, jovens e adultos com Perturbações do Espectro do Autismo. O Festival decorre de 30 de Julho a 2 de Agosto. O primeiro dia será de acesso gratuito.

Comentários